Produção de fertilizantes sobe 13%
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,122 (0,29%)
| Dólar (compra) R$ 5,60 (-0,14%)


Agronegócio

Produção de fertilizantes sobe 13%

Nos primeiros seis meses de 2010, foram vendidas 8,6 milhões de toneladas
Por:
1783 acessos

A produção de fertilizantes no Brasil aumentou 13,5% no primeiro semestre deste ano em comparação com o mesmo período de 2009. O volume passou de 3,7 milhões de toneladas para 4,2 milhões de toneladas. A comercialização também seguiu o mesmo ritmo. Nos primeiros seis meses de 2010, foram vendidas 8,6 milhões de toneladas de fertilizantes, um aumento de 4,8% em comparação com o mesmo período do ano passado. Os números foram divulgados na segunda-feira (16) no encontro da Câmara Setorial de Insumos, em Brasília, que reuniu representantes do setor para debater a conjuntura e as tendências do mercado de matérias-primas agropecuárias.

Outro avanço foi registrado nas compras do exterior, que também subiram num ritmo mais intenso, passando de 3,3 milhões de toneladas, nos primeiros seis meses do ano passado, para 5,9 milhões no mesmo período de 2010, um incremento de 78,7%. "É bem tranquila a posição para o produtor, ao contrário dos dois anos anteriores", afirmou o presidente da Câmara Setorial de Insumos, Cristiano Walter Simon, referindo-se à quantidade de insumos no mercado brasileiro. Mas ainda existem incorreções na produção e comercialização. O Ministério da Agricultura (Mapa) informou que apreendeu 10,8 mil toneladas de fertilizantes nos primeiros seis meses de 2010, de um total de 314 mil t fiscalizadas. De acordo com o Mapa, as apreensões se deram, principalmente, por problemas nos rótulos e na formulação dos produtos. A produção de rações aumentou no primeiro semestre, passando de 27,2 milhões t para 30 milhões de t.

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink