Produção de milho deve alcançar 82,34 milhões de toneladas, diz StoneX
CI
Imagem: Eliza Maliszewski
ESTIMATIVA

Produção de milho deve alcançar 82,34 milhões de toneladas, diz StoneX

Aumento representa 10,75% frente ao registado na safra 2019/20
Por: -Aline Merladete

Apesar de o plantio da segunda safra brasileira de milho acontecer somente no começo do próximo ano, em contexto de preocupação com atrasos causados pela soja, os preços elevados do milho alimentam as perspectivas de um grande crescimento da área plantada, de 1,13 milhão de hectares, com a área nacional estimada pela StoneX em 14,6 milhões de hectares. 

De acordo com as informações divulgadas pela Consultoria, a produção deve alcançar 82,34 milhões de toneladas, aumento de 10,75% frente ao registado na safra 2019/20. Para a primeira safra de milho 2020/21, a StoneX trouxe um corte no número de produção, de 27,9 para 27,1 milhões de toneladas, mesmo com um aumento de 50 mil hectares na estimativa para a área plantada. "Esse recuo foi resultado da diminuição do potencial produtivo no estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, que têm enfrentado condições mais secas durante do desenvolvimento do cereal", explica a analista de inteligência de mercado do grupo, Ana Luiza.

"A safra de milho 2020/21 tem potencial de registrar crescimento considerável, alcançando mais um recorde, desde que a safrinha não registre maiores problemas", avalia Ana Luiza. Caso a produção projetada se confirme, o balanço de oferta e demanda teria espaço para ficar mais confortável, com estoques finais na casa de 15 milhões de toneladas.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink