Produção de MS deve render 19,7% mais

Agronegócio

Produção de MS deve render 19,7% mais

Soja continua puxando os maiores ganhos na lavoura
Por:
1870 acessos
O Valor Bruto da Produção (VBP) em Mato Grosso do Sul deverá aumentar 19,4% em relação ao ano passado. Segundo levantamento do Ministério da Agricultura o valor pode ser de R$ 5,6 bilhões em 2011, diante de R$ 4,6 bi de 2010.

A soja continua puxando os maiores ganhos na lavoura com previsão de render R$ 3,7 bi. Na safra passada o montante ficou em R$ 3,4 bi. Em seguida vem o milho em grão que deve totalizar R$ 1,5 bilhão de ganhos, diante de pouco mais de R$ 1 bi do ano agrícola anterior.


No País o levantamento de grãos divulgados neste mês (161,5 milhões de toneladas), revela que o VBP pode alcançar R$ 198,68 bilhões em 2011. Esse valor representa aumento de 10% -- já descontada a inflação --,se comparado com o do ano passado, que foi de R$ 180,6 bilhões.


As lavouras que podem apresentar os maiores aumentos no valor da produção, na comparação com ano passado, são algodão (65,4%), uva (44,8%), café (38,4%), milho (29,3%), soja (17,4%), feijão (11%), mandioca (8,6%) e laranja (7%).

Os grãos que devem atingir maior volume de produção neste ano são: soja, com 74 milhões de toneladas; milho, com 58 milhões de t.; e arroz, com 13 milhões de t.. Esses três produtos devem representar 90% da produção de grãos em 2011.

Saiba mais

O Valor Bruto da Produção é calculado com base na produção e nos preços praticados no mercado das 20 maiores lavouras do Brasil. Para realizar o estudo, são utilizados dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).


O VBP é correspondente à renda dentro da propriedade e considera as plantações de soja, cana-de-açúcar, uva, amendoim, milho, café, arroz, algodão, banana, batata-inglesa, cebola, feijão, fumo, mandioca, pimenta-do-reino, trigo, tomate, cacau, laranja e mamona.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink