Produção de suínos gaúcha agrada missão chinesa
CI
Agronegócio

Produção de suínos gaúcha agrada missão chinesa

Expectativa é ampliar exportações de cortes para o mercado oriental
Por:

A missão chinesa que visitou o Rio Grande do Sul, ontem, ficou satisfeita com o que viu. Os sete integrantes do ministério da agricultura da China solucionaram dúvidas sobre sanidade e o sistema de produção de suínos. Conforme o chefe do Serviço de Defesa Agropecuária do Mapa/RS, Bernardo Todeschini, que acompanhou o grupo, a visita foi positiva. "Eles ficaram bem impressionados com o trabalho." A missão estará hoje em SC e ficará no país até o dia 23 para avaliar uma possível habilitação do Brasil como fornecedor de carne.

Todeschini explica que o Estado é zona livre de aftosa, de peste suína e tem sistema de produção sólido, além de programa de gestão com foco na suinocultura em fase de implantação. "São ferramentas muito atraentes e que vendem bem o Estado." A China produz 50% da carne suína do mundo (48 milhões de t). "O importante é que eles estão sinalizando que passarão a comprar", avalia o diretor do Sips, Rogério Kerber. A comitiva participou de reunião para apresentação do setor no Mapa. À tarde, o grupo se dividiu entre a Perdigão, em Lajeado, e a Frangosul, em Montenegro.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.