Produção global maior derruba preço do trigo

Agronegócio

Produção global maior derruba preço do trigo

Oferta global de trigo abundante e a valorização do real sobre o dólar têm pressionado as cotações do cereal no mercado interno
Por:
663 acessos

De São Paulo - A oferta global de trigo abundante e a valorização do real sobre o dólar têm pressionado as cotações do cereal no mercado interno. Às vésperas da colheita no Paraná, os preços do produto já dão sinais de queda, afirma Élcio Bento, analista da consultoria Safras&Mercado.

A tonelada do trigo em grão no Paraná, maior produtor do país, está cotada a R$ 490, com viés de baixa, e no Rio Grande do Sul, a R$ 400. Já os preços mínimos do governo estão em R$ 530. A produção mundial para 2009/10 está estimada em 656 milhões de toneladas, o segundo maior volume da história do setor. Em relação ao ciclo anterior, apresenta um recuo de 4%.

"A produção mundial está em expansão, depois de duas safras seguidas de quebra [ entre 2006/07 e 2007/08]. Aliado a esse fator, o real valorizado sobre o dólar favorece a importação do produto, o que não ajuda a sustentar as cotações do grão no mercado interno", disse Bento.

O Brasil deverá colher nesta safra cerca de 5,65 milhões de toneladas de trigo, baixa de 6% sobre o ciclo passado, segundo a Safras. "A colheita no país começa no fim do mês. No início de setembro entra também a safra do Paraguai", acrescentou o analista.

"Esta série de fatores baixistas conseguiu anular a quebra da safra da Argentina, que é o maior fornecedor de trigo para o Brasil", disse Bento. (MS)


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink