Produtor baiano de algodão investe e planta mais

Agronegócio

Produtor baiano de algodão investe e planta mais

Por:
3 acessos
Os produtores de algodão do oeste da Bahia, sobretudo os de Barreiras e Luiz Eduardo Magalhães, caminham na contramão da maioria dos cotonicultores do país nesta safra 2004/05. Enquanto boa parte deles puxou o freio, reduzindo investimentos e área plantada, no oeste baiano a aposta no plantio e no beneficiamento continua crescente.


A região deverá receber, neste ano, aporte de R$ 50 milhões em oito novas algodoeiras (máquinas de beneficiamento de algodão), segundo João Carlos Jacobsen Rodrigues, vice-presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa). As algodoeiras separam a pluma do algodão do caroço, aumentando o valor agregado do produto.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink