Produtor brasileiro descarta foco de aftosa no Paraguai

Agronegócio

Produtor brasileiro descarta foco de aftosa no Paraguai

Por:
5 acessos

Os produtores brasileiros que possuem terras no lado paraguaio não querem tratar da possível ocorrência de aftosa no rebanho de Paranhos, em Mato Grosso do Sul. Segundo o jornal ABC Color, os ruralistas asseguram que participaram da campanha de vacinação ao mesmo tempo da deflagrada em território brasileiro.

Em reportagem divulgada hoje pelo jornal paraguaio, os produtores asseguraram que utilizaram produto importado pelas autoridades sanitárias brasileiras, um trabalho que vem sendo desenvolvido pelo Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal) desde que Mato Grosso do Sul recebeu certificado de área livre de aftosa com vacinação.

O produtor de Paranhos, Laércio Pereira Meira, considera falsa e irresponsável a denúncia de que o gado estaria com aftosa. Cerca de 52 reses de propriedade dele foram confinadas pelo Iagro com a suspeita. Ele mostra documentos oficiais de vacinação que atestam a sanidade dos animais tanto em território brasileiro quanto paraguaio, com certificação expedida de Ipehú e Itanará. O resultado do exame deve sair em quinze dias.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink