Produtor de algodão de GO busca reduzir custos
CI
Agronegócio

Produtor de algodão de GO busca reduzir custos

Pesquisa recomenda a integração da produção de grãos, fibras e carne
Por:

Reduzir custos e integrar a produção de grãos, fibras e carne. Essas são as principais recomendações apresentadas pela pesquisa aos produtores goianos, durante dia de campo realizado nessa terça-feira (29-05) na cidade de Santa Helena de Goiás, no Sudoeste do Estado, para que a cultura do algodão possa proporcionar melhores resultados econômicos em tempos de baixa remuneração na atividade.

O evento contou com a participação do ex-ministro da Agricultura, Alysson Paulinelli, que geriu a pasta de 1974 a 1979. Paulinelli enfatizou em sua palestra o potencial do Cerrado como produtor de grãos, fibras e bioenergia, afirmando que se trata da área de maior competitividade agrícola de todo o globo e que a exploração sustentada de todo o seu potencial depende de investimentos contínuos em pesquisa.

Para o ex-ministro, que atualmente se dedica à atividade agropecuária em Minas Gerais, é possível a convivência harmônica entre a produção de alimentos, fibras e combustíveis. Para isso, ressaltou a necessidade de uma ampla discussão sobre o tema, a fim de definir qual o modelo ideal de produção.

Pesquisadores de diferentes instituições, como a Embrapa e Fundação de Apoio à Pesquisa e Desenvolvimento Agropecuário de Goiás, abordaram durante o dia de campo aspectos diversos relacionados ao tema O Algodoeiro no Contexto da Produção Integrada. As palestras foram ministradas no Centro de Desenvolvimento Agropecuário Alcides Rodrigues, onde os participantes puderam conferir os trabalhos de melhoramento genético desenvolvidos no centro de pesquisas.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink