Produtor de fumo terá que destinar parte do lucro à recuperação de mata
CI
Agronegócio

Produtor de fumo terá que destinar parte do lucro à recuperação de mata

Produtor de Cachoeira do Sul/RS terá que deposite 50% do valor ganho com a safra 2010/2011 obtida em área embargada
Por:
Porto Alegre – A 4.ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF4) acolheu recurso da Procuradoria Federal e determinou que um produtor de tabaco de Cachoeira do Sul/RS deposite 50% do valor ganho com a safra 2010/2011 obtida em área embargada.

O relator do processo, desembargador federal Vilson Darós, depois de analisar o recurso, entendeu que deve prevalecer o interesse público e, por se tratar de bem perecível (fumo), deve ser feita a venda do produto e depositado em juízo metade do valor auferido como forma de garantir a recuperação dos danos causados ao meio ambiente.

De acordo com o chefe da Procuradoria Federal Especializada no âmbito do Ibama/RS, Roberto Rigon Weissheimer, "a decisão do Tribunal Regional Federal é fruto do esforço conjunto de órgãos da Advocacia Geral da União em convencer o Judiciário de que o infrator ambiental não pode obter lucro com atividades ilícitas, qual seja, a destruição da Mata Atlântica para plantar fumo."O produtor havia obtido liminar da Justiça Federal de Cachoeira do Sul para vender a safra sem prestar garantia alguma”.
 
*(com informações da Ascom do TRF4)

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.