Produtor do Paraná é campeão nacional de produtividade

Agronegócio

Produtor do Paraná é campeão nacional de produtividade

Cesb entrega prêmio do Desafio Máximo de Produtividade de Soja
Por:
4054 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente
Obrigado por se cadastrar
  • Enviamos a você um email de boas vindas para ativação de seu cadastro.
Com 117,33 sacas por hectare, o produtor Alexandre Seitz, de Guarapuava, e o consultor técnico José Carlos Sandrini Júnior, de Piraí, foram os campeões nacionais do Desafio Máximo de Produtividade de Soja safra 2013/14. O prêmio foi entregue na manhã desta quinta-feira (24), em Brasília, pelo Comitê Estratégico Soja Brasil (Cesb).


O resultado da Fazenda São Bento superou a meta estipulada pelo Cesb e bateu o recorde de 110,55 sacas por hectare, alcançado pelo vencedor do prêmio em 2012/13, o também paranaense Hans Jan Groenwold, de Castro. A produtividade obtida por Seitz é mais do que o dobro da média nacional — 50 sacas por hectare, conforme o Cesb. Mais de mil produtores se inscreveram para a edição deste ano da disputa.


A dupla também levou o título de campeã do Sul. Outros quatro produtores das demais regiões do país foram premiados na cerimônia, que contou com a presença do ministro da Agricultura, Neri Geller.

Como prêmio, os demais campeões e o grande vencedor ganharam viagem aos Estados Unidos, em agosto. Eles farão visitas técnicas a fazendas de alta produtividade, centros de pesquisa e universidades.

Confira a lista dos vencedores:

Soja não irrigada

Campeão do Norte-Nordeste: do município de Jaborandi, na Bahia, o produtor Martimiano Cristiano Pacheco e o consultor técnico Ivair Gomes alcançaram a média de 92,4 sacas por hectare;

Campeão do Centro-Oeste: do município de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, o produtor Matheus Eduardo Tochetto e o consultor técnico Flávio José Benedeti obtiveram a produção de 109,9 sacas por hectare;

Campeão do Sudeste: do município de Capão Bonito, em São Paulo, o produtor Emílio Kenji Okamura e o consultor técnico Roberto Minoru Ishimura habilmente produziram 100 sacas por hectare;

Campeão do Sul (campeão nacional): do município de Guarapuava, no Paraná, o produtor Alexandre Seitz e o consultor técnico José Carlos Sandrini Júnior conseguiram produzir impressionantes 117,33 sacas por hectare.

Soja Irrigada

Campeão da categoria, o produtor Leonardo Latalisa França e o consultor técnico Lucas Gontijo de Araujo são do município de Brasilândia de Minas, em Minas Gerais, e alcançaram a média de 102,5 sacas por hectare.

Campeões estaduais

Bahia: produtor Martimiano Cristiano Pacheco e o consultor técnico Ivair Gomes. Produtividade alcançada: 92,4 sacas por hectare;

Goiás: produtor João Paulo Brandão e o consultor técnico Guilherme Henrique Coimbra Rodrigues. Produtividade alcançada: 104,7 sacas por hectare;

Minas Gerais: produtor Leonardo Latalisa França e o consultor técnico Lucas Gontijo de Araujo. Produtividade alcançada: 102,5 sacas por hectare;

Mato Grosso do Sul: produtor Matheus Eduardo Tochetto e o consultor técnico Flávio José Benedeti. Produtividade alcançada: 109,9 sacas por hectare;

Mato Grosso: produtor Elton Zanella e o consultor técnico Marcos Adriano Storch. Produtividade alcançada: 102,1 sacas por hectare;

Paraná: produtor Alexandre Seitz e o consultor técnico José Carlos Sandrini Júnior. Produtividade alcançada: 117,33 sacas por hectare;

Rio Grande do Sul: produtor Vitor Baseggio e o consultor técnico Gilmar Borsa. Produtividade alcançada: 108 sacas por hectare;

São Paulo: produtor Emílio Kenji Okamura e o consultor técnico Roberto Minoru Ishimura. Produtividade alcançada: 100 sacas por hectare.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink