Produtores cobram definição do Plano Safra 2007/08

Agronegócio

Produtores cobram definição do Plano Safra 2007/08

Até o momento não existem regras definidas sobre volume de recursos
Por:
2 acessos

Os produtores rurais já estão apreensivos com a demora do governo em anunciar o Plano Safra para o próximo plantio de verão. O problema é que, nessa época do ano, boa parte deles já deveria estar comprando insumos como adubo, sementes e defensivos, mas até o momento não existem regras definidas sobre volume de recursos, condições de financiamento, preços mínimos e situações de dificuldades herdadas das safras anteriores que ainda precisam ser resolvidas.

O presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás, Macel Caixeta, observa que o calendário agrícola não espera e que já está passando da hora dos produtores planejarem o próximo plantio, incluindo a compra de insumos básicos. A compra antecipada é a garantia de preços melhores, além de evitar a correria de última hora, com maior demanda, inclusive, de transporte. Macel Caixeta lembra que o governo previa divulgar o plano no fim de maio, o que não ocorreu.

Reivindicações:

No documento entregue ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, as entidades representativas do segmento agrícola solicitam ao governo a destinação de R$ 90 bilhões para a próxima safra, incluindo o custeio, comercialização e investimentos. Também pedem a redução dos juros para 4,5% ao ano, levando em conta a redução paulatina da taxa Selic. Atualmente, os juros cobrados são de 8,75% ao ano.

No que se refere aos preços, o setor quer que o governo mantenha em R$ 44,60 o valor mínimo para o algodão e eleve o preço mínimo de garantia do milho para R$ 17,00 a saca no Centro-Sul e da soja para R$ 33,00. Também pedem mais recursos para o Programa de Modernização da Frota de Máquinas Agrícolas, com financiamento de 100% do valor total, prazo de oito anos para pagar, com três de carência. E mais: Linhas Especiais de Crédito (LECs) para todas as culturas e ampliação do seguro agrícola em condições mais favoráveis.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink