Produtores conhecem alternativas de aproveitamento integral do leite

Agronegócio

Produtores conhecem alternativas de aproveitamento integral do leite

Uma Oficina sobre o Aproveitamento Integral do LINA no preparo de queijo minas frescal, bebida láctea e silagem de leite na última sexta-feira
Por:
259 acessos

Uma Oficina sobre o Aproveitamento Integral do Leite Instável Não-Ácido (LINA) no preparo de queijo minas frescal, bebida láctea e silagem de leite foi realizada pela Emater/RS-Ascar na última sexta-feira (09/12), no Centro Regional de Qualificação Profissional de Produtores de Nova Petrópolis (Cetanp). Participaram 18 produtores de leite do município.

Essa atividade, vinculada à Chamada Pública do Leite - lote 21, teve como objetivo principal apresentar aos produtores alternativas de aproveitamento do leite "LINA", rejeitado pela indústria. Esse leite, apesar de ser rejeitado por não estar nos padrões exigidos para o processamento do leite UHT, apresenta condições normais para o processamento de derivados de leite, como queijo, bebida láctea, iogurte, nata, ricota, requeijão, doce de leite e outros. 

Na oportunidade, também foram abordados assuntos como: boas práticas de fabricação, higiene e cuidado na manipulação, forma correta de pasteurização caseira do leite, dicas de melhoria da qualidade do queijo produzido e utensílios apropriados para fabricação de derivados.

A oficina foi ministrada pela coordenadora do Centro Regional de Qualificação Profissional de Produtores de Fazenda Souza (Cefas), Rosângela Zimmer, e pelo assistente técnico regional de bovinocultura de leite da Emater/RS-Ascar, João da Luz.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink