Produtores de feijão do RS utilizam sementes caseiras para plantio

Agronegócio

Produtores de feijão do RS utilizam sementes caseiras para plantio

As condições meteorológicas forem favoráveis durante o ciclo e há perspectivas de uma boa produtividade
Por:
202 acessos

A lavoura de feijão da 1ª safra no Rio Grande do Sul, onde prevalece a agricultura familiar, está sendo implantada com o uso tecnológico mediano, ou seja, com muitas lavouras utilizando sementes caseiras e pouca adubação de base. Mesmo assim, se as condições meteorológicas forem favoráveis durante o ciclo e há perspectivas de uma boa produtividade.

Como era esperada, a tendência de diminuição de área se confirmou no primeiro levantamento de intenção de plantio para a lavoura de feijão no Estado, chegando a um redutor de 16,35% sobre a área da safra passada. Segundo as informações dos técnicos de campo, essa situação ocorreu em razão dos baixos preços que acompanharam a comercialização das últimas safra e safrinha no RS.

Somente nesse final de comercialização, onde são muitos pequenos os estoques nas mãos dos agricultores, o preço da saca de feijão vem aumentando nos poucos negócios realizados. Nessa semana, no RS, o valor médio da saca de feijão preto recebido pelos produtores foi de R$ 55,33, subindo mais 3,58% em relação à anterior. As informações são da assessoria de imprensa da Emater/RS.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink