Produtores defendem formação de cooperativas para administrar usinas
CI
Agronegócio

Produtores defendem formação de cooperativas para administrar usinas

Tema foi discutido em Fortaleza, em reunião na sede do BNB
Por:
Tema foi discutido em Fortaleza, em reunião na sede do BNB
Uma comissão formada por representantes do governo federal, bancos e entidades do setor produtivo será criada nos próximos dias para a elaboração de um projeto de criação de cooperativas de pequenos fornecedores de cana-de-açúcar para administrar usinas em processo de falência. A decisão foi tomada nessa quinta-feira (2-2), em reunião realizada na sede do Banco do Nordeste (BNB), em Fortaleza (CE), com o objetivo de discutir medidas que visam sanar algumas dificuldades do setor sucroalcooleiro, como acesso a financiamentos e dívidas decorrentes de operações de crédito rural.

A idéia é pôr em prática um projeto piloto em Pernambuco, um dos Estados onde as pequenas indústrias passam por dificuldades financeiras, e estender a iniciativa a outras regiões. “É uma ação que será positiva para as usinas, que poderão se recuperar financeiramente, e para os pequenos fornecedores, que muitas vezes não têm para quem vender a cana”, destacou o presidente da Comissão Nacional de Cana-de-açúcar da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Gerson Carneiro Leão, que esteve na reunião.

Com a medida, o setor produtivo quer evitar o fechamento das usinas de pequeno porte. Segundo Leão, serão agendados novos encontros para acelerar a execução do projeto, além de visitas a usinas que hoje são administradas por cooperativas de produtores, mas com experiências bem sucedidas. “Queremos utilizar alguns exemplos que deram certo para aplicar a outros casos”, ressaltou. Outras decisões também foram tomadas na reunião, como a reinclusão de produtores de 12 municípios pernambucanos na lista de financiamento para custeio e renovação de canaviais pelo BNB e a desburocratização do acesso a linhas de crédito para a atividade canavieira.

Além do presidente da Comissão da CNA, estiveram no encontro o presidente da União Nordestina dos Produtores de Cana (Unida), Alexandre Andrade, o diretor do Departamento de Cana-de-açúcar e Agroenergia do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Gerardo Fontelles, além de representantes do BNB, e outras entidades do setor canavieiro.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.