Ferrugem asiática

Produtores devem ficar alertas para focos de ferrugem asiática

Os casos registrados já ultrapassam em 36% a última safra em Mato Grosso do Sul
Por:
289 acessos

Os casos de ferrugem asiática registrados na atual safra já ultrapassam em 36% o resultado da temporada passada em Mato Grosso do Sul. Os dados são do Consórcio Antiferrugem, da Embrapa.

O presidente da  Associação dos Produtores de Soja de MS (Aprosoja/MS), Juliano Schmaedecke, alerta que o agricultor deve ter atenção redobrada neste período de colheita. “É preciso ter cuidado com a ferrugem asiática. O produtor rural precisa rever sua estratégia de manejo, estar atento às variedades de ciclo mais longo  e, assim, evitar prejuízos”.

Algumas medidas protetivas podem minimizar o avanço deste problema. O pesquisador da Fundação MS, Fernando Grigolli, explica que o produtor deve seguir o calendário de manejo agrícola, não ultrapassando os 15 dias de intervalo entre as aplicações de fungicidas. “Além disso, recomendamos que o agricultor não ‘abandone’ as lavouras no final do ciclo”, afirma.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink