Programa ABC é apresentado em fórum sobre sustentabilidade

Agronegócio

Programa ABC é apresentado em fórum sobre sustentabilidade

Iniciativa promove a produção de alimentos com preservação ambiental
Por:
1053 acessos
Iniciativa do Ministério da Agricultura é uma das prioridades do governo federal para promover a produção de alimentos com preservação ambiental


O Programa Agricultura de Baixo Carbono (ABC), lançado em julho do ano passado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, será apresentado nesta quinta-feira, 30 de junho, no fórum Contexto Ambiental e Agronegócio — das conferências da ONU ao dia-a-dia do produtor rural brasileiro. O evento será realizado em Uberlândia (MG) e promovido pelo Portal Dia de Campo.


O ABC busca dar suporte financeiro e apoio técnico para os produtores que desejem adotar práticas agronômicas a fim de reduzir a emissão de gases de efeito estufa. O chefe da Assessoria de Gestão Estratégica do Ministério da Agricultura e coordenador do Programa ABC, Derli Dossa, apresentará o programa.

Dossa vai falar sobre as linhas de financiamento mais baratas e as taxa de juros compatíveis com o setor. Também vai abordar a adoção de boas práticas agropecuárias e as medidas para neutralizar os gases que afetam a temperatura média do planeta. “Vou mostrar os benefícios que os produtores poderão ter se adotarem as ações previstas pelo programa”, ressalta.


O potencial da agricultura brasileira e os produtos que mais deverão remunerar os produtores no longo prazo também serão demonstrados. Outro tema da palestra será o retorno financeiro proporcionado pelo bom uso das tecnologias e as vantagens competitivas do Brasil na nova agricultura.

O foco principal do evento será o de apontar caminhos práticos para a atividade agropecuária brasileira dentro de modelos sustentáveis, tendo como base o sistema Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF).

Saiba mais

O ABC incentiva a adoção de boas práticas agrícolas e a integração de sistemas produtivos que permitam a redução dos gases de efeito estufa e ajudem a preservar os recursos naturais.

O programa busca difundir uma nova agricultura mais sustentável mediante seis ações a serem adotadas pelos agricultores: plantio direto na palha, integração lavoura-pecuária-floresta (ILPF), fixação biológica de nitrogênio, plantio de florestas, recuperação de pastos degradados e tratamento de resíduos animais. Nos próximos dez anos, a meta é deixar de emitir 165 milhões de toneladas equivalentes de CO2.


Dentro do ABC estão garantidos recursos a agricultores e cooperativas, com limite de financiamento de R$ 1 milhão por beneficiário. O crédito será financiado com taxa de juros de 5,5% ao ano, mais baixa que o fixado para a maioria das linhas de crédito para agricultura (6,75%). O prazo para pagamento é de 15 anos.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink