Programa chinês de estocagem de algodão está perto de ser concluído
CI
Agronegócio

Programa chinês de estocagem de algodão está perto de ser concluído

Na última semana, mais de 90 toneladas da fibra foram adquiridas
Por:
O órgão estatal de estocagem de algodão da China comprou 91.360 toneladas da fibra na semana passada, menor volume semanal desde que a temporada de compras começou, com a oferta do produto reduzindo no mercado depois de diversos meses de estocagem, mostraram dados oficiais.

A formação de estoques pelo principal país comprador de algodão do mundo é um dos motores dos preços globais. As compras da China para reservas estatais puxaram a demanda por importações ao remover algodão do mercado doméstico e ao elevar os preços locais.

Pequim planeja interromper o programa de estocagem este ano, depois de um período de três anos e depois de testar um sistema de subsídios diretos para produtores de algodão em Xinjiang, principal região produtora do país.

No entanto, a temporada deve encerrar com compras estimadas em 12,6 milhões de toneladas em reservas, ou 60 por cento dos estoques globais, de acordo as últimas projeções do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA).

Os estoques enormes provavelmente pressionarão as importações, empurrando as compras para os menores níveis em uma década.

O volume total de algodão estocado na atual safra, de 6,15 milhões de toneladas, é ligeiramente menor que as 6,4 milhões de toneladas de mesmo período em 2013. Do total, 65 por cento das compras deste ano foram feitas em Xinjiang, que produz a fibra de melhor qualidade na China.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink