Projeto Campo Futuro chega no Amazonas

Agronegócio

Projeto Campo Futuro chega no Amazonas

A visita foi realizada no dia 21 de novembro (segunda-feira), na sede do sindicato rural 
Por:
262 acessos

A visita foi realizada no dia 21 de novembro (segunda-feira), na sede do sindicato rural 

Pela primeira vez, alguns municípios do Amazonas receberam a visita da equipe técnica do Projeto Campo Futuro da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). O programa visa melhorar a rentabilidade da pecuária leiteira, aliando a capacitação do produtor rural à geração de informações para a administração de riscos de preços de custo.

O primeiro município visitado pela equipe da CNA, e que contou o apoio do Sistema FAEA/SENAR-AM, foi Autazes, distante 113 quilômetros de Manaus. A visita foi realizada no dia 21 de novembro (segunda-feira), na sede do sindicato rural do município, e o encontro contou com aproximadamente 25 participantes, entre produtores rurais, técnicos, representantes de revendedores de insumos agropecuários e autoridades presentes.

A zootecnista do SENAR-AM, Joana Queiroz, acompanhou e assessorou o trabalho do assessor técnico da CNA, Thiago Rodrigues, e do pesquisador do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (CEPEA) a Universidade de São Paulo (USP), Wagner Hiroshi. De acordo com ela, o objetivo da equipe foi realizar um levantamento dos custos da produção do leite, levando em consideração a realidade do município.

“Eles tiveram uma conversa com os produtores para fazer um levantamento amplo e chegar a um valor médio de quanto eles gastam para produzir o leite em seu município e comercializá-lo. Entre os dados pesquisados estiveram a média da produção de leite, o rebanho do município, o tamanho de cada propriedade, entre outros”, explicou Joana.

As informações irão compor um banco de dados e após uma análises dos técnicos, será feito um diagnóstico que ficará disponível aos produtores sobre a viabilidade do negócio. “Eles saberão – na média – quanto custa produzir naquele município e se estão tendo lucro real. Se não estiverem, será feito um estudo do motivo e definidas ações para solucionar o problema”, destacou Joana.

Além de Autazes, no dia 23 de novembro (quinta-feira), o município de Apuí também recebeu a visita dos técnicos para o mesmo tipo de diagnóstico. “A bovinocultura de leite é um segmento forte no Amazonas e esses dois municípios estão entre os mais expressivos em termos de produção, por isso é tão importante para ele saber o custo real de produção, para gerenciar melhor suas atividades”, complementou, ao lembrar que uma planilha com o custo médio da produção do leite será disponibilizada pelo projeto para que cada produtor rural do segmento tenha as informações em local visível dentro de suas propriedades.

Para o presidente do Sistema FAEA/SENAR, Muni Lourenço, “O painel do Projeto Campo Futuro no Amazonas produzirá informações estratégicas acerca do custo de produção do leite em duas importantes bacias leiteiras amazonenses e balizará a tomada de decisões por parte de cada produtor e também servirá de referência para o estabelecimento dos preços na comercialização desse produto de uma cadeia produtiva que envolve milhares de produtores no Amazonas”.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink