Agronegócio

Projeto de lei no MT incentiva agricultores a preservar o meio ambiente

Por:
365 acessos
A proposta de lei estadual que visa incentivar os agricultores familiares de Mato Grosso a preservarem parte de sua propriedade rural está tramitando na Assembleia Legislativa (AL-MT) desde o final da semana passada. Se sancionada pelo Governo do Estado, participantes poderão receber ajuda financeira.


De acordo com o autor do projeto, o deputado estadual Zeca Viana (PTD), a justificativa da criação de uma lei de apoio é a educação ambiental. “O agricultor familiar ainda não tem o hábito de conservar um percentual de sua propriedade, então ele precisa de um incentivo para aprender. O grande produtor não é problema, pois já ele sabe desta importância”.


Segundo Viana, ainda não foi definido qual será o fundo de financiamento. “Arrecadar o recurso e o valor pago pela preservação são fatores que devem ser estudados pelo Governo. A sugestão é a criação de uma linha de crédito especial para que os juros sejam a fonte de pagamento”. O incentivo só valeria seis meses depois que a área fosse declarada como de preservação ambiental.


“Além de cumprir com a obrigação do Código Florestal Brasileiro, o crédito motivaria a criação de novas áreas para preservação. O país todo precisa diminuir o desmatamento”, argumenta o deputado.

Para garantir o benefício, um órgão responsável deverá fazer um monitoramento constante para confirmar a veracidade da preservação. O Ecocrédito já é usado em outros estados do Brasil.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink