Projeto de qualidade genética beneficiará produtor de gado

Agronegócio

Projeto de qualidade genética beneficiará produtor de gado

A união de dois grandes nomes da pecuária brasileira gerou Projeto que disponibilizará ao mercado prenhezes de matrizes destaques no sumário da Embrapa
Por: -Renata
516 acessos

O aperfeiçoamento genético dos rebanhos comerciais está entre as prioridades do pecuarista de corte atento às exigências do mercado atual, que se aperfeiçoa a cada dia para oferecer ao consumidor final uma carne de excelente procedência. Com foco nesta demanda, somado ao objetivo de disponibilizar ao mercado características de desempenho como precocidade, ganho de peso, fertilidade, entre outras, a Bioembryo Biotecnologia da Reprodução Animal, em parceria com a tradicional Fazenda Santa Nice, inauguram no início de agosto o Projeto Top Funcional Santa Nice-Bioembryo, que agregará benefícios diretos ao pecuarista de corte.

“A base do nosso Projeto é garantir o acesso do produtor de bezerros que atua com pecuária comercial, à qualidade genética de 60 anos de seleção de um rebanho avaliado e provado pelo programa de melhoramento genético Embrapa – Geneplus, através do know-how tecnológico Bioembryo”, explica Lucas Moino, gerente de novos projetos da Bioembryo. Segundo ele, através desta iniciativa, ao invés do pecuarista sincronizar suas vacas para Inseminação Artificial, ele sincronizará para Transferência de Embriões. “Desta forma, ele conseguirá uma maior efetividade em termos de melhoramento genético”, ele ressalta.

Segundo Lucas, entre os objetivos do programa, está oferecer uma genética superior e com a chancela de programas de melhoramento genético considerados referência no mercado pecuário, como Embrapa, Geneplus/ ABCZ. Desta forma, o pecuarista de corte que usufruir do projeto terá ao alcance um ganho qualitativo nos índices de produtividade e rentabilidade, com animais de origem e tendência de desempenho conhecidos. “Nossa meta, também, será integrar as técnicas de FIV e de transferência de embrião em tempo fixo (TETF) à realidade do sistema de produção das propriedades que estarão envolvidas no Projeto”.

Ele complementa que o Projeto será dividido em quatro etapas, que englobam o estudo do sistema de produção do pecuarista; a aspiração de oócitos das matrizes funcionais da Santa Nice para futura FIV e PIV; sincronização da ovulação dos animais do pecuarista que ingressar no Projeto para transferência dos embriões em tempo fixo e, finalmente, o diagnóstico de gestação e entrega das prenhezes. “Tratam-se de animais muito bem caracterizados e, sobretudo, produtivos, que se inserem bem em qualquer criatório de animais PO. Ou seja: animais bonitos e bons de prova!”, finaliza Antonio Grisi, da Fazenda Santa Nice.

As informações são de assessoria de imprensa.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink