Projeto para produção de óleo de palma vai integrar Fundo da Amazônia
CI
Agronegócio

Projeto para produção de óleo de palma vai integrar Fundo da Amazônia

Recurso vai alavancar implementação de polos no PA
Por:
A Petrobras Biocombustível e a Galp Energia, por meio da Belém Bioenergia Brasil (BBB), e a Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam) assinaram, nesta terça-feira (01.04), na capital do Pará, o projeto Belém Bioenergia Brasil. O acordo destinará recursos do Fundo de Desenvolvimento da Amazônia (FDA), da ordem de R$576 milhões, para incrementar o projeto Belém, que prevê a produção de 335 mil toneladas anuais de óleo de palma em três polos agroindustriais paraenses, além da fabricação de 270 mil toneladas de green diesel por ano em Portugal.

O presidente da Petrobras Biocombustível, Alberto Fontes, salientou a importância estratégica do projeto para a consolidação da empresa no setor. "Vamos, por meio dele, ampliar nossa atuação e participar de novos mercados como o europeu de biocombustíveis. Além disso, sabemos do seu impacto no desenvolvimento econômico regional que, além de ter uma vertente social com a inclusão da agricultura familiar, irá trabalhar com parcerias empresariais locais". 

Projeto Belém - Atualmente, a empresa já tem 27 mil hectares plantados com cerca de quatro milhões e trezentas mil de mudas de palma nos munícipios de Tailândia e Tomé-Açu, Moju, Ipixuna e Mãe do Rio. A meta é chegar a 43 mil hectares até abril de 2014. O plantio próprio, em áreas arrendadas, gera hoje 2.600 empregos diretos. Em 2015, na conclusão do projeto, pelo menos, seis mil trabalhadores estarão envolvidos nas atividades agroindustriais.

A estratégia do projeto prevê ainda a formação de parcerias agrícolas com agricultores familiares e produtores de médio e grande porte. Nos contratos com a agricultura familiar, ainda este mês, serão alcançados 320 contratos com agricultores familiares. E, até 2015, estima-se que cerca de 600 pequenos produtores integrarão o plantio.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink