Projeto pioneiro quer dobrar produção de leite em Alterosa

Agronegócio

Projeto pioneiro quer dobrar produção de leite em Alterosa

Pecuaristas recebem sêmen bovino de graça para melhorar a qualidade do rebanho
Por:
914 acessos
Pecuaristas estão recebendo sêmen bovino de graça para melhorar a qualidade do rebanho

Um projeto quer dobrar a produção de leite em Alterosa, no Sul de Minas, em um prazo de pouco mais de três anos. Os pecuaristas do município estão recebendo de graça sêmen bovino para a melhoria da qualidade dos rebanhos. O projeto de distribuição gratuita de sêmen começou em maio e já conta com 23 produtores cadastrados. Quatro deles já foram beneficiados. O sêmen é comprado pela prefeitura de uma empresa de Uberaba (MG), que venceu a licitação. Depois ele é distribuído para os produtores da região. Cada um tem direito a 15 doses por ano.


O objetivo do projeto é reduzir o custo para os pequenos e médios produtores e aumentar a produção de leite. Como a qualidade do sêmen é certificada, as vacas concebidas chegam a produzir 50% a mais de leite. Com animais geneticamente melhores produzindo mais leite, a estimativa é de que os produtores possam lucrar mais.


De acordo com a Secretaria de Agricultura de Minas Gerais, o projeto de Alterosa é pioneiro no Estado. O único programa existente em Minas Gerais, desde 2007, é o "Progenética", com o apoio da Emater, que funciona como uma feira, durante todo o ano, em várias regiões do Estado. Os produtores compram touros reprodutores de genética superior e podem financiar o pagamento pelo Banco do Brasil.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink