Startups

PROMIP participa da relação de startups

PROMIP foi selecionada na área de biológicos e microbioma
Por:
50 acessos

Um levantamento realizado pela TechAccel incluiu a PROMIP em uma lista de empresas internacionais com destaque no setor de biotecnologia agrícola “Ag Biotech”. O “AgTech Market Map” foi elaborado com 245 empresas startups de biotecnologia, a grande maioria detentora de inovações que prometem revolucionar a agricultura mundial. Para a composição desta relação foi considerado o perfil tecnológico de cada empresa, além da capacidade de gerar inovações de impacto. 

Segundo o site AgFunder News, o setor de biotecnologia é o componente central dos investimentos em tecnologia voltadas para o Agronegócio, com operações de US$ 262 milhões apenas no primeiro semestre deste ano, o que representa 23% dos recursos destinados pelos fundos da tecnologia agrícola.

Inovação em foco

A PROMIP reúne em seu portfólio produtos biológicos e serviços especializados para a implementação de Programas de Manejo Integrado de Pragas. Há 11 anos no mercado, a empresa é pioneira no Brasil na produção e comercialização de produtos contendo ácaros predadores para controle biológico aplicado. Hoje, além destes agentes biológicos, a companhia também se dedica para o desenvolvimento biotecnológico de diferentes espécies de microvespas e insetos predadores que são aplicados em grandes áreas de produção agrícola com o uso de drones, o que tem permitido a expansão de seus negócios. 

O Co-fundador e CEO da empresa, Dr. Marcelo Poletti, destaca que a inovação impulsiona toda a estratégia de desenvolvimento da companhia, sendo um componente fundamental.

“A inovação é um dos nossos principais valores e por esse motivo deve estar intimamente ligada a cultura da empresa. Com intuito de manter essa chama viva, trabalhamos para proporcionar um ambiente dinâmico que estimule a todos os nossos colaborados para exercícios diários de transformação”, diz. 

A PROMIP foi selecionada na área de biológicos e microbioma, na categoria de insumos agrícolas que incluem os Biopesticidas, que são substâncias naturais ou microorganismos aplicados em sementes, superfícies de plantas ou solo, promovendo o controle pragas, e os Bioestimulantes, que são compostos de substâncias naturais ou microrganismos que melhoram o crescimento das plantas, promovendo consequentemente o aumento da produtividade no campo.

"Participar deste ranking de excelência, sendo referenciados junto a um grupo seleto de empresas internacionais que se dedicam diariamente para o desenvolvimento de inovações voltadas ao agronegócio, nos deixa muito entusiasmados e com o compromisso de manter sempre os nossos valores, transformando o conhecimento gerado através da pesquisa científica em inovações que tragam benefícios direto para os agricultores, sociedade e meio ambiente", finaliza Poletti.
 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink