Pronaf financia compra de veículos utilitários

Agronegócio

Pronaf financia compra de veículos utilitários

Por:
514 acessos

A partir desta safra, o Pronaf vai financiar a compra de veículos utilitários por agricultores familiares. A medida, anunciada pelo ministro do Desenvolvimento Agrário, Guilherme Cassel, nesta quarta-feira (22), durante o lançamento do Plano Safra da Agricultura Familiar 2009/2010, contempla a compra de veículos automotores, elétricos ou de tração animal, como caminhões, caminhonetes de carga, caminhões frigoríficos, isotérmicos, graneleiros, reboques ou motocicletas adequadas às condições rurais.

O secretário de Agricultura Familiar do MDA, Adoniran Sanches Peraci, afirma que a nova linha do Pronaf foi criada para dar maior agilidade dentro e fora das propriedades familiares. “Tivemos uma correção no Pronaf, permitindo que, além dos tratores, o Mais Alimentos financiasse os utilitários para facilitar o transporte no escoamento da produção mas, principalmente, para uma melhor movimentação dentro da propriedade”.

Todos os beneficiários do Pronaf podem acessar o crédito para adquirir os utilitários. Se o projeto apresentado estiver relacionado com o aumento da produtividade, ele será enquadrado no Mais Alimentos, que financia projetos de até R$ 100 mil, com juros de 2% ao ano, prazo de pagamento de até dez anos e carência de três anos. A nova linha de crédito não poderá ser utilizada para a compra de carros de passeio.

“Todos os contratos estão garantidos no preço mínimo. A vantagem é que o agricultor pode indexar a dívida no preço mínimo do leite, do feijão, do que ele produzir. É uma garantia que nós estamos dando para ele fazer os investimentos necessários. E o preço está indexado nos próximos dez anos”, ressalta Adoniran Peraci.

Escoamento da produção

O casal Veroniza Mendes Cruvinel e Edvaldo José da Silva, que viajou 650 quilômetros desde o assentamento Padre Nilo Scur, em Iporá (GO), para acompanhar o lançamento do Plano Safra, comemorou a novidade. E já projeta a melhoria do escoamento da produção de mandioca, milho, amendoim e ovos. “Estamos há dois anos no assentamento e temos dificuldade sem um veículo, principalmente para transportar ovos”, diz Silva. Dona Veroniza afirma que o ideal seria investir no transporte antes do próximo plantio, em setembro, para garantir a distribuição da safra. “Se Deus quiser, a gente não vai ter mais que arrumar carro emprestado”.

O presidente da Associação do Assentamento Padre Nilo Scur, Edson Messias de Souza, projeta que a nova linha do Pronaf deverá beneficiar a vida das 34 famílias que vivem no imóvel. “Sem um transporte próprio, ou o produtor perde a produção ou acaba entregando com má qualidade. Assim, poderemos entregar os produtos fresquinhos”.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink