Agronegócio

Propostas de projetos para a manutenção ou criação de núcleos de estudo em Agroecologia

NEA's que tem por objetivo conceder aporte financeiro a projetos que integrem atividades de extensão, pesquisa e educação relacionadas a agroecologia
Por:
825 acessos

A pesquisadora da Embrapa Meio Ambiente (Jaguariúna, SP) Lucimar Abreu, a convite do CNPq, participou da Comissão de Julgamento das Propostas de Projetos da Chamada MCTI/MAPA/CNPq Nº 02/2016 – Implantação ou Manutenção de Núcleos de Estudo em Agroecologia e Produção Orgânica (NEA's), que tem por objetivo conceder aporte financeiro a projetos que integrem atividades de extensão, pesquisa e educação relacionadas a agroecologia e aos sistemas orgânicos de produção, de 27 de junho a 1º de julho, em Brasília, na sede do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Estiveram presentes também os professores Flávio dos Anjos, da Universidade Federal de Pelotas e Paulo Lovato, da Universidade Federal de Santa Catarina.

A intenção é implementar ou dar continuidade aos NEAs, em instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica.

Para Lucimar, "essa iniciativa é fundamental para o fortalecimento das ações de manutenção e de criação de núcleos de Agroecologia e Agricultura Orgânica, que têm um papel socioeconômico importante para a transição da agricultura de base ecológica, uma vez que atua diretamente junto aos agricultores familiares e jovens rurais, construindo e socializando saberes agroecológicos, além de valorizar a cultura local. É a base para as mudanças necessárias com inclusão social e reforça positivamente as identidades locais e a relação entre campo e cidade. Fortalece a diversidades de atores locais e cidadania ativa, pois permite a continuidade de uma política social e ecológica".

Lucimar acredita que sua participação foi importante, pois teve a oportunidade de avaliar em conjunto com os demais membros citados da Comissão, mais de 170 propostas das mais diversas regiões do país, de institutos federais de ensino em agricultura em parcerias com instituições diversas, inclusive com unidades de Embrapa.

A chamada envolve o valor global de R$ 4.074.956,00, sendo R$ 2.674.956,00 destinados ao pagamento de bolsas e R$ 1.400.000,00 para rubrica de custeio. Os resultados finais serão divulgados, em breve, na página do CNPq (http://cnpq.br/).

Um de seus requisitos busca a contribuição com o desenvolvimento sustentável no âmbito local e/ou regional, considerando a identificação e superação de problemas ambientais, econômicos e sociais com ações efetivas para a inclusão produtiva de grupos sociais, o desenvolvimento de meios e processos de produção, inovação e construção conjunta e participativa de conhecimentos e práticas e a ampliação de oportunidades educacionais, facilitando o acesso à formação e qualificação profissional.
 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink