Províncias do Nordeste argentino abandonam plantio direto

Agronegócio

Províncias do Nordeste argentino abandonam plantio direto

Motivo foi aumento da resistência de pragas
Por: -Leonardo Gottems
3339 acessos

O uso de plantio direto foi abandonado em províncias do Nordeste argentino como Chaco, Santiago del Estero e Formosa. A constatação é de uma pesquisa do departamento de Estimativas Agrícolas da Bolsa de Cereais de Buenos Aires.

Os especialistas do departamento dizem que as pragas nessa região se proliferam com maior velocidade. O motivo dessa mudança da mentalidade dos produtores seria em função do aumento da resistência de algumas pragas aos agroquímicos.

A Argentina é o país com maior adesão ao plantio direto com mais de 90% de suas terras de grãos com adoção da prática.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink