Próxima safra do café tem bom desenvolvimento garantido

Desenvolvimento

Próxima safra do café tem bom desenvolvimento garantido

O novo sistema irá avançar sobre a Região Sudeste entre a noite de sexta e a madrugada de sábado (25)
Por:
297 acessos

A presença de uma frente fria sobre o Norte do Paraná mantém o tempo instável e com registro de chuva nessa quinta-feira (23). Chove também sobre o sul de São Paulo. Este sistema já começou a perder forças, porém, uma nova frente fria começa a avançar sobre o Sul do Brasil nesta sexta-feira (24) e deixa o tempo bastante instável e com previsão de chuva forte no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina.

O novo sistema irá avançar sobre a Região Sudeste entre a noite de sexta e a madrugada de sábado (25). Deste modo, há previsão de que ocorra pancadas de chuva sobre grande parte do Sudeste e Centro-oeste entre a tarde da sexta e ao longo de todo o sábado. Assim, o final de semana será marcado pelo tempo instável e chuvoso em grande parte do centro-sul.

Tempo beneficia as lavouras               

Por um lado, a chuva mantém o solo com níveis razoáveis de umidade, principalmente no Sul, em que beneficiará o desenvolvimento das lavouras de inverno, como trigo e irá possibilitar a continuidade do plantio do milho, que já ocorre no Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Além disso, para as culturas do café, cana-de-açúcar e milho safrinha, a instabilidade também favorece o desenvolvimento das lavouras, mas neste caso os benefícios são para a próxima safra.

O grande problema será para as lavouras de algodão do Mato Grosso, uma vez que há previsão que ocorra, novamente, pancadas de chuva sobre as principais áreas produtoras. A instabilidade deve ocorrer na tarde dessa sexta-feira. Assim, novos prejuízos à qualidade das plumas deverão ocorrer.

A chuva atípica no Sudeste e Centro-oeste estão diretamente associadas ao aquecimento das águas do Pacífico, entretanto não tem nada a ver com a possível volta do El Niño, uma vez que isso só deverá ocorrer no começo de 2019. As precipitações nessas regiões devem ser as últimas, já que é previsto o retorno da chuva apenas no final do mês de setembro. Ou seja, após a passagem dessa frente fria, o tempo volta a ficar firme e sem previsão de chuva. As temperaturas devem ficar acima da média.

Tendência para o próximo mês

Durante as próximas quatro semanas a previsão é que a chuva fique concentradaapenas sobre a Região Sul do Brasil, o que poderá atrapalhar os trabalhos de plantio e preparo do solo aos produtores de arroz e milho. Já no Sudeste e Centro-Oeste, este período seco não irá afetar em nada, apenas beneficiará os trabalhos de colheita e preparo do solo. A única preocupação deve ficar com os produtores de café, cujas lavouras registraram floradas nessas últimas semanas. Mas ainda é cedo para fazer qualquer prognostico de perda, já que a florada ocorrida, não foi a principal.  

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink