Quebra na safra gaúcha de uva ameniza altos estoques

Agronegócio

Quebra na safra gaúcha de uva ameniza altos estoques

A produção, que no ano passado foi de 634,04 mil t, caiu para 533,26 mil t
Por:
469 acessos

A safra gaúcha de uva deste ano deve fechar com 100 mil toneladas a menos do que em 2008, devido ao excesso de chuva e ventanias no período de brotação e floração. A produção, que no ano passado foi de 634,04 mil t, caiu para 533,26 mil t, de acordo com dados do Cadastro Vinícola, elaborado pelo Ibravin. No entanto, o que poderia parecer ruim tem sido visto com otimismo por lideranças do setor. Mesmo que não resolva, a quebra deve amenizar o quadro de excesso de estoques.

O diretor executivo do Ibravin, Carlos Paviani, acredita que o lado ruim da redução de oferta é a tendência de perda de renda para os produtores de uva. Porém, ele lembra que os estoques de vinho somam 400 milhões de litros e a previsão é encerrar o ano com 280 milhões de litros encalhados, o que considera um volume grande. "A safra menor reduz a pressão de oferta e contribui para o equilíbrio."

Toda a cadeia vai se beneficiar com a quebra na safra, mas a preocupação do presidente da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva da Viticultura, Vinhos e Derivados, Hermes Zaneti, é que os prejuízos não fiquem apenas com os agricultores. "O ônus para resolver o problema dos altos estoques, que se agravaria neste ano, ficou com o produtor. Se tivessemos mais excedentes, haveria um levante da cadeia para resolver." Como ainda há produto sobrando no mercado, ele não acredita que possa haver reação no preço da uva, o que poderia compensar a perda de renda devido à menor produção.

O maior direcionamento da uva para o produção de suco pode contribuir para o equilíbrio do mercado. Nesta safra, 45% das uvas comuns foram usadas com este fim, enquanto a média histórica é de 30%. Nos últimos cinco anos, a comercialização de suco de uva duplicou.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink