Queda de 20,4% nas exportações de couro em outubro, na comparação anual

Agronegócio

Queda de 20,4% nas exportações de couro em outubro, na comparação anual

No Brasil Central já são praticamente oito semanas de estabilidade de preços do couro bovino
Por:
398 acessos

No Brasil Central já são praticamente oito semanas de estabilidade de preços do couro bovino. A demanda está baixa e tem dificultado o escoamento do produto pelos curtumes, mas a oferta não está abundante e colabora com o cenário de preços estáveis.

Segundo levantamento da Scot Consultoria, no Brasil Central o couro verde está cotado em R$2,40 por quilo, considerando o produto de primeira linha. Na comparação com o mesmo período do ano passado houve desvalorização de 5,9%.

Com relação às exportações brasileiras, houve queda no volume embarcado em outubro último, tanto na comparação com o mês anterior, quanto com o mesmo período de 2015. Segundo o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, o Brasil exportou um total de 31,6 mil toneladas de couro, uma queda de 20,4% em relação a outubro do ano passado. Para o curto prazo a tendência é de que a oferta ajustada à demanda mantenha os preços andando de lado.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink