Queda em NY pressiona cotações domésticas do café arábica

Café

Queda em NY pressiona cotações domésticas do café arábica

Preços do café arábica recuaram no Brasil nos últimos dias, pressionados pela desvalorização dos futuros da variedade na Bolsa de Nova York
Por:
112 acessos

Os preços do café arábica recuaram no Brasil nos últimos dias, pressionados pela desvalorização dos futuros da variedade na Bolsa de Nova York (ICE Futures). Segundo colaboradores do Cepea, o cenário baixista segue mantendo vendedores afastados do mercado, limitando os negócios no País. Nessa terça-feira, 19, o Indicador CEPEA/ESALQ do arábica tipo 6 bebida dura para melhor, posto em São Paulo, fechou a R$ 403,12/saca de 60 kg, recuo de 1,4% em relação à terça anterior, 12.

No mercado de robusta, o cenário também é de baixa liquidez, com grande parte dos vendedores esperando preços mais altos para voltar a negociar. O Indicador CEPEA/ESALQ do robusta tipo 6 peneira 13 acima fechou a R$ 303,82/saca de 60 kg na terça-feira, 19, baixa de 0,2% em relação ao do dia 12 – a retirar no Espírito Santo. 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink