Suínos

Queda nas exportações de carne suína pressiona os preços no mercado interno

Caso este ritmo continue, o volume deverá ficar próximo de 42,0 mil toneladas
Por:
19 acessos

As exportações brasileiras de carne suína in natura iniciaram o ano em ritmo lento.

Até a terceira semana do mês, o país embarcou 26,7 mil toneladas do produto, segundo o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços.

A média diária exportada foi de 1,9 mil toneladas, queda de 23,0% na comparação com o embarcado diariamente em janeiro de 2017.

Caso este ritmo continue, o volume embarcado no acumulado no mês deverá ficar próximo de 42,0 mil toneladas.

Este menor ritmo nas exportações tem colaborado com a pressão de baixa no mercado interno. Desde o início de janeiro nas granjas paulistas, o animal terminado desvalorizou 8,1% e a carcaça no atacado teve queda de 11,3%.  

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink