Rebanho de MT atinge 27 mi

Agronegócio

Rebanho de MT atinge 27 mi

17% da criação de bovinos em Mato Grosso está concentrada em apenas 6 municípios
Por: -Vívian Lessa
797 acessos

Aproximadamente 17% da criação de bovinos em Mato Grosso está concentrada em apenas 6 municípios do Estado. São 4,559 milhões de animais situados em fazendas das cidades de Juara (907,4 mil cabeças), Alta Floresta (808,4 mil), Marcelândia (801,8 mil), Cáceres (794,8 mil), Vale de São Domingos (672,1 mil) e Juína (574,9 mil). Essas regiões se destacam entre as 20 maiores produtoras de gado do país. O Estado, por outro lado, é líder isolado nesse ranking nacional, somando 27,357 milhões de cabeças. Os dados da Pesquisa da Pecuária Municipal (PPM), referentes ao ano de 2009, foram divulgados nesta quarta-feira (24) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A primazia de Mato Grosso nesse segmento se estabelece mesmo em torno de problemas pontuais que devem estagnar a expansão da atividade nos próximos anos. As paralisações de 11 plantas frigoríficas no interior do Estado, por exemplo, sustentam a ideia de que o setor precisa de transformações para continuar crescendo. É o que analisa o superintendente da Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), Luciano Vacari. Ele observa que todos os 6 municípios abrigam unidades frigoríficas. "O que se faz necessária a retomada dessas plantas". Atualmente há no Estado 27 em operação.

Para ele, além de ter o maior rebanho bovino do país, é imprescindível que Mato Grosso também tenha um excelente parque industrial. O superintendente da Acrimat ainda acrescenta que a eficiência do pecuarista em manter um padrão de qualidade da carne, a genética do animal, entre outros fatores, são responsáveis por refletir o tamanho da pecuária mato-grossense comparando-a aos números nacionais. É preciso considerar que o efetivo nacional de bovinos atingiu a marca de 205,292 milhões de cabeças, na qual 13,3% da produção é de gado criado nas pastagens mato-grossenses. Na sequência surge Minas Gerais e Mato Grosso do Sul, com 10,9% cada.

Quanto à distribuição regional desse efetivo, o Centro-Oeste respondeu por 34,4% das cabeças de gado, seguido pelo Norte, com 19,7%, e o Sudeste, com 18,5%. A pesquisa mostrou que Corumbá (MS) ocupou a primeira posição entre os municípios, com 1,973 milhão de cabeças de gado (1,0% do total), vindo, em seguida, São Félix do Xingu (PA) e Ribas do Rio Pardo (MS), com 0,9% e 0,6%, respectivamente.

O Brasil possui o 2º maior rebanho de bovinos do mundo, atrás apenas da Índia (de acordo com Food and Agriculture Organization. É 2º maior produtor de carne bovina, depois dos Estados Unidos, e maior exportador mundial do produto.

Grande porte - Entre os animais de grande porte, o efetivo de bubalinos em Mato Grosso soma 18,125 mil animal. No país somam 1,136 milhão de animais em 2009.Os maiores rebanhos estavam alojados no Pará e Amapá. Os principais municípios produtores foram Chaves (PA), Cutias (AP) e Almeirim (PA). O Estado também cria 318 mil equinos, 85 mil muares (mula) e 4 mil asininos (asno ou jumento).

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink