Relatório isenta milho, mas não todos os transgênicos
CI
Agronegócio

Relatório isenta milho, mas não todos os transgênicos

Por:

A aguardada decisão da Grã-Bretanha sobre dar ou não permissão a plantios geneticamente modificados em escala comercial pareceu ficar mais difícil nesta terça-feira, quando uma equipe de cientistas fracassou na tentativa de dar ao governo orientação clara a respeito do que deve ser feito.

Em um amplo relatório, o Comitê Consultivo sobre Liberações no Ambiente disse que testes recentes em canola e beterraba resistentes a herbicidas revelaram que essas variedades poderiam ter um impacto negativo sobre o meio ambiente, mas que testes em um tipo de milho com a mesma característica não revelaram indícios de dano ambiental.

O relatório é divulgado em um momento que a União Européia se vê profundamente dividida sobre os plantios transgênicos. Os países-membros não chegaram a um acordo sobre se devem ou não suspender uma moratória de cinco anos para novos produtos deste tipo.

"Com base em indícios fornecidos pelos resultados da avaliação em escala de plantio publicados em outubro de 2003, se o milho tolerante a herbicida for plantado e mantido como nesta experiência, isso não resultará em efeitos colaterais", disse o comitê, do documento.

Em contraste, a canola e a beterraba geneticamente modificadas para suportar herbicidas mostraram que podem afetar negativamente a vida selvagem, quando comparadas às variedades convencionais. "Isso confirma a abordagem caso a caso adotada pelo comitê para os plantios transgênicos. Isso não é sinal verde para os produtos geneticamente modificados, nem um presságio de morte para eles", disse Jules Pretty, vice-presidente do grupo. Os testes e o relatório consistem em uma fase fundamental do processo de tomada de decisão do governo britânico sobre os transgênicos.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink