Renovação dos canaviais resulta em safra maior

AÇÚCAR

Renovação dos canaviais resulta em safra maior

“Essa taxa se mostra ainda maior em áreas de ‘fronteira"
Por: -Leonardo Gottems
720 acessos

A renovação dos canaviais na região Centro-Sul do Brasil acabou dando mais fôlego ao ciclo, sendo que deve essa região deve processar 585,7 milhões de toneladas de cana-de-açúcar no ciclo 2020/21, segundo estimativa divulgada nesta quinta-feira (31) pela INTL FCStone. Segundo a consultoria, o volume supera a temporada 2019/20 em 2,4 milhões de toneladas. A produtividade média corresponde a 77,0 t/ha, crescimento de 0,3%. 

De acordo com a avaliação do grupo, 13,7% da cana disponível na região vem de áreas reformadas ou de lavouras caracterizadas como expansão, proporção que representa aumento de 2,7 pontos percentuais em relação a 2019/2020. “Essa taxa se mostra ainda maior em áreas de ‘fronteira’, como em canaviais de Goiás e Minas Gerais – corroborando indicações de que essas localidades têm apresentado crescimento mais expressivo da produtividade agrícola em relação às partes mais tradicionais”, analisou o grupo, em relatório. Por outro lado, espera-se que os impactos da dinâmica climática de 2019 pesem sobre o rendimento das lavouras do cinturão canavieiro no próximo ano. 

Além disso, a INTL FCStone calcula que o ATR médio da próxima safra se posicione em 136,3 kg/t, aumento de 0,1% em relação à atual, resultando em um ATR total de 79,8 milhões de toneladas, crescimento de 0,6%. “Em relação aos produtos da cana, projeta-se crescimento do mix açucareiro para 37,4%, 2,8 p.p. superior ao observado no ciclo anterior, totalizando produção de 28,5 milhões de toneladas de açúcar, avanço de 8,8%”, diz a consultoria. 

“Para o biocombustível obtido a partir do milho, estima-se que a fabricação de álcool totalize pouco menos de 1,8 milhão de m³, crescimento de 48,2% em relação ao esperado para 2019/20. O aumento é baseado na ampliação da capacidade produtiva, tanto por meio da inauguração de novas destilarias, em 2019 e em 2020, quanto pela expansão do potencial atual”, conclui. 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink