Rentabilidade, demanda interna e condições climáticas favorecem fruticultura em MS
CME MILHO (DEZ/20) US$ 3,760 (-0,58%)
| Dólar (compra) R$ 5,45 (1,33%)

Imagem: Eliza Maliszewski

FRUTICULTURA

Rentabilidade, demanda interna e condições climáticas favorecem fruticultura em MS

Características do estado podem impulsionar autossuficiência da cadeia produtiva regional
Por:
80 acessos

Mato Grosso do Sul possui muitas potencialidades para alavancar a fruticultura local. Com características de solo e clima favoráveis ao cultivo de espécies tropicais, como a banana, abacate e mamão, e temperadas, como a uva, o estado apresenta boa demanda interna e rentabilidade, condições que podem levar a cadeia produtiva à uma autossuficiência mercadológica. Esse é o tema da editoria #MercadoAgropecuário desta segunda-feira (03).

Para se ter uma ideia, de acordo com os dados da Ceasa (Centrais de Abastecimento de MS) do volume total de limões comercializados, somente 45% é produção local; dos abacates vendidos, 42% é cultivado no estado, e da laranja, 33%. Juntos, os três itens somam mais de 150 mil quilos e o valor com as vendas supera a marca de R$ 180 mil.   

Apesar de ser uma das atividades mais rentáveis da horticultura, o tempo de retorno acaba pesando na decisão de quem pretende iniciar nesta cadeia produtiva. Tudo vai depender da cultura escolhida mas, para começar a produzir, o fruticultor pode levar em torno de dois anos, e para a cobertura dos custos, de quatro a cinco anos.

Para o coordenador do programa de Assistência Técnica e Gerencial de Fruticultura do Senar/MS, Dorly Pavei, o retorno é certo. “Estamos falando de uma atividade muito interessante, com abrangência e potencial para avançar. Quem busca por conhecimento nesta área, entende os processos de cultivo, das podas corretas, com certeza vai longe e terá lucros”, explica.

Quer saber mais sofre a fruticultura no estado? Participe da Live do SistemaFamasul/Senar desta terça-feira (04), às 18h, no canal do Youtube e Facebook.
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink