Agronegócio

Representatividade dos ovos na granja em relação ao varejo melhora em maio

No ano houve expressiva valorização que superou os 36%.
Por:
512 acessos

Após forte queda mensal no preço dos ovos ao produtor em abril, no mês de maio houve recuperação de quase 9%, permanecendo, entretanto, abaixo dos preços alcançados em fevereiro e março último. No ano houve expressiva valorização que superou os 36%.

No varejo paulistano a dúzia de ovos sofreu nova queda mensal e recebeu o segundo menor preço dos primeiros cinco meses de 2016. Com isso, o índice de redução mensal ficou próximo de 3%. No ano houve aumento de 16,5%.

Com a melhor performance na comercialização dos ovos na granja houve melhora considerável na participação do produto em relação ao varejo. Passou de 37,9% em abril para 42,6% em maio. De toda forma, ainda permanece abaixo da participação verificada no bimestre fevereiro-março, acima de 44%. Em relação a maio do ano passado também houve boa recuperação pois lá, o índice de participação ficou em apenas 36,5%.

Por ora, os preços praticados na granja e no varejo sugerem que a representatividade dos ovos na granja deve permanecer acima dos 40% no mês de junho. 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink