Resultados de 2010 estimulam a produção de cebola deste ano em MG

Agronegócio

Resultados de 2010 estimulam a produção de cebola deste ano em MG

Parte dos agricultores antecipou o plantio de olho nas boas cotações
Por: -Janice
2502 acessos
Parte dos agricultores antecipou o plantio de olho nas boas cotações do produto

O plantio de cebola já começou em Minas Gerais e a colheita deve ser iniciada no final de junho e início de julho. De acordo com a Emater-MG, vinculada à Secretaria da Agricultura, neste ano serão ocupados 700 hectares com a cultura em Rio Paranaíba (região do Alto Paranaíba), um dos principais municípios produtores do Estado. As sementes já estão espalhadas em 34% dessa área, pois uma parte dos produtores antecipou o plantio.
Segundo o técnico da Emater-MG Admilson da Costa e Silva, o período mais indicado para o plantio da cebola é de fevereiro a maio. “Os produtores que anteciparam o lançamento das sementes para o final de janeiro irão colher também à frente dos demais e esperam ter condições de aproveitar a cotação inicial do produto, que geralmente é mais alta”, explica.

A cebola tem alcançado, no Estado, preços ao produtor entre R$ 22,00 e R$ 25,00 a saca de vinte quilos. Conforme as estimativas de produção e produtividade confirmadas pelos agricultores familiares Welton José Caetano e José Roberto das Chagas, os custos de suas lavouras (cada uma com cerca de 10 hectares), envolvendo desde o plantio até a colheita, oscilam entre R$ 30 mil e R$ 34 mil. As principais despesas são por conta da mão-de-obra, sementes e adubos. O técnico da Emater informa que, atualmente, para obter lucro na atividade, a saca de vinte quilos de cebola deve ser comercializada por um valor superior a R$ 10,00.

Costa e Silva ainda diz que os agricultores integrados ao cronograma de plantio, e que fazem os investimentos recomendados na aquisição de adubo e uso de tecnologia, podem contar com uma produtividade média de 50 toneladas de cebola por hectare em Rio Paranaíba. “Há casos como o da Cooperativa Agropecuária do Alto Paranaíba (Copadap) que colheu no ano passado até 120 toneladas de cebola por hectare”, acrescenta o extensionista.

Liderança na produção

O superintendente de Política e Economia Agrícola (Spea) da Secretaria da Agricultura, João Ricardo Albanez, informa que o Alto Paranaíba liderou a safra estadual de cebola em 2010. “A região respondeu por 84,2% das 119 mil toneladas de cebola colhidas em Minas. O volume de cebola produzido pelo Estado, no ano passado, supera em 7,6% o do período anterior e corresponde a quase 8% da safra nacional do produto”, explica Albanez.
A relação dos municípios mineiros que mais contribuíram para os resultados de Minas Gerais na produção de cebola é liderada por Santa Juliana (40,0 mil toneladas), Rio Paranaíba (27,9 mil toneladas) e Perdizes (7,2 mil toneladas), todos localizados no Alto Paranaíba.

As informações são da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink