Reunião debate políticas para os territórios do estado de SP

Agronegócio

Reunião debate políticas para os territórios do estado de SP

Atividade será um importante fórum para troca de experiências e dos desafios para as mulheres rurais
Por:
1774 acessos

Com a presença de representantes dos territórios do estado, a Delegacia Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário de São Paulo promoveu nesta quarta-feira (28) uma reunião para o balanço dos trabalhos que vêm sendo executados nos territórios e as perspectivas para o aprimoramento das ações. Na oportunidade, houve o início dos preparativos para o Primeiro Encontro dos Comitês de Mulheres dos Territórios do Estado de São Paulo.

As assessoras territoriais de gestão social e de gênero dos territórios de Andradina, Pontal do Paranapanema, Vale do Ribeira, Sudoeste Paulista e Noroeste Paulista expuseram a organização dos colegiados em cada um dos territórios, destacando as ações realizadas para impulsionar a agricultura familiar em sua diversidade.

O delegado federal agrário José Roberto Venerando destacou a importância das explanações, que permitiram compartilhar dados sobre as diferentes realidades e trabalhos nos territórios: “Pudemos perceber a importância da participação da sociedade civil e do poder público nos colegiados”, avaliou. Venerando informou que a Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead) buscará aperfeiçoar as políticas para os territórios, garantindo mecanismos de transparência das ações para a agricultura familiar, especialmente as voltadas para a juventude rural e a questão de gênero.

Encontro das Mulheres nos Territórios

As assessoras territoriais formaram a Comissão Organizadora para Articulação do Primeiro Encontro dos Comitês de Mulheres dos Territórios do Estado de São Paulo, definindo que a atividade será realizada nos dias 19 e 20 de outubro, na cidade de Bauru. Catiane de Melo, assessora da Delegacia Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário de São Paulo, enfatizou a relevância desta temática para o meio rural e o compromisso do órgão para o fortalecimento das agricultoras familiares: “A atividade será um importante fórum para troca de experiências e dos desafios para as mulheres rurais em nosso estado”, pontuou.
 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink