Reunião em Tóquio visa antecipar Encontro de Ministros da Agricultura do G20

Fórum internacional

Reunião em Tóquio visa antecipar Encontro de Ministros da Agricultura do G20

Secretário Orlando Leite Ribeiro participa até o dia 11 de Encontro na capital japonesa
Por:
121 acessos

O secretário de Comércio e Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Orlando Leite Ribeiro, participa até o dia 11, em Tóquio, no Japão, do Encontro dos vice-ministros da Agricultura do G20. Na programação, ele terá reuniões bilaterais com autoridade locais. No encontro, será discutida minuta da declaração a ser assinada pela ministra Tereza Cristina, durante a reunião ministerial, que acontecerá nos dias 11 e 12 de maio na cidade japonesa de Niigata. O Encontro dos Ministros da Agricultura terá como tema principal “Rumo a um setor agroalimentar sustentável - questões emergentes e boas práticas" (Towards Sustainable AgroFood Sector - Emerging Issues and Global Practices). 

O secretário leva na bagagem a promoção do modelo da agricultura brasileira pautado no tripé da segurança alimentar, sustentabilidade e responsabilidade social. A questão da preservação ambiental também será apresentada, incluindo a reserva legal de biomas dentro de propriedades rurais que é de, no mínimo, 20% chegando até 80%, e preservação de margens de rios. 

Orlando Leite vai defender a posição de protagonismo e liderança da agricultura brasileira para os membros do fórum internacional, muitos deles, grandes potências agrícolas.

O G20 é um foro para cooperação internacional em temas econômicos e financeiros, congregando países desenvolvidos e em desenvolvimento com projeção na economia mundial. Além do Brasil, o G20 tem os seguintes integrantes: África do Sul, Alemanha, Arábia Saudita, Argentina, Austrália, Canadá, China, República da Coreia, Estados Unidos, França, Índia, Indonésia, Itália, Japão, México, Reino Unido, Rússia, Turquia e União Europeia. Os países que integram o G20 representam 90% do PIB mundial, 80% do comércio internacional, dois terços da população mundial, sendo responsáveis por 84% da emissão de gases de efeito estufa.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink