Reunião sobre fitossanidade aprova normas que favorecem Brasil


Agronegócio

Reunião sobre fitossanidade aprova normas que favorecem Brasil

Por:
1 acessos

O uso da irradiação para tratamento fitossanitário e a elaboração da lista de pragas regulamentadas foram as principais decisões da V Reunião da Comissão Interina de Medidas Fitossanitárias, realizada de 7 a 11 de abril, na sede da FAO, em Roma. Na avaliação do chefe da Divisão de Cooperação Técnica e Acordos Sanitários Internacionais da Secretaria de Defesa Agropecuária do MAPA, Odilson Ribeiro - que participou do evento - o uso da irradiação como tratamento fitossanitário será um instrumento importante na redução de barreiras impostas às exportações de produtos brasileiros hospedeiros da mosca das frutas, como frutas e vegetais.

Os representantes de mais de 100 países, membros da FAO e da Convenção Internacional de Proteção dos Vegetais, presentes ao encontro, aprovaram também três suplementos a normas já existentes, que tratam de risco ambiental relacionado à análise de risco de pragas; definição de impacto econômico causado por pragas e novos termos para o glossário fitossanitário internacional.

Foi decidida também a criação de um fundo financeiro voluntário para apoiar a elaboração de normas internacionais de medidas fitossanitárias (NIMFs), cujos recursos somente poderão ser utilizados por países em desenvolvimento, como por exemplo a participação em grupos de trabalho que elaboram propostas de NIMFs.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink