Rio Grande do Sul busca imunizar todo o rebanho

Agronegócio

Rio Grande do Sul busca imunizar todo o rebanho

Estado reforça campanha na fronteira com a Argentina e o Uruguai
Por:
1451 acessos
Todo o rebanho de bovinos e de bubalinos do Rio Grande do Sul – formado por 14,3 milhões de cabeças – deve ser imunizado até 31 de maio, durante a primeira etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa 2011. A meta é alcançar um índice de cobertura vacinal semelhante ao do ano passado, em torno de 95%.


Segundo o fiscal federal agropecuário do Serviço de Sanidade Animal do estado (SSA/RS) Gilson Renato Evangelista de Souza, as fronteiras internacionais (Argentina e Uruguai) representam maior risco de introdução da doença. Nessas regiões, a fiscalização da vacinação está sendo ampliada. Além disso, o controle de trânsito e de vigilância ativa foi intensificado.


“Os municípios com baixos índices vacinais nas campanhas anteriores representam maior risco de dispersão da doença. Nestas cidades estamos acompanhando mais de perto para que se obtenha uma melhor cobertura vacinal este ano”, ressalta.

A Secretaria da Agricultura, Pecuária e Agronegócio (Seapa) doou 4,1 milhões de doses para os produtores enquadrados no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), com até 50 bovídeos por núcleo familiar. A estimativa é beneficiar 270 mil pecuaristas que representam aproximadamente 75% do total de proprietários do estado e detêm 26,6% do plantel gaúcho.


A entrega da declaração da vacina pode ser feita até 5 de junho Os produtores devem levar o documento a uma das 248 Unidades Veterinárias Locais (UVLs) ou um dos 142 Escritórios de Atendimento à Comunidade (EACs).

Esta é a primeira etapa da campanha que, em novembro, prevê a aplicação de um reforço nos animais jovens de até 24 meses de idade. O Rio Grande do Sul é reconhecido pela Organização Internacional de Saúde Animal (OIE) como livre de febre aftosa com vacinação desde 2008.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink