Rio Grande do Sul poderá comprar soja do Paraná

Agronegócio

Rio Grande do Sul poderá comprar soja do Paraná

O Sindicato das Indústrias de Óleos Vegetais do Rio Grande do Sul estima necessidade de 2,7 milhões de toneladas
Por:
1 acessos

A produção da safra gaúcha será insuficiente para atender as demandas e, segundo o Sindicato das Indústrias de Óleos Vegetais do Rio Grande do Sul (Sioleo), o Rio Grande do Sul precisaria importar 2,7 milhões de toneladas para abastecer o mercado gaúcho (2,5 milhões de toneladas) e garantir as exportações das indústrias (2 milhões de toneladas), caso a produção chegasse a 3 milhões de toneladas. Agora, as contas terão de ser refeitas. A entidade alerta ainda para demissões devido à ociosidade no processamento.

A compra poderá ser feita do Paraguai e do Paraná. Segundo o governo estadual, a produção paranaense, somada aos estoques remanescentes da última safra, tem folga para atender ao mercado externo e também suprir a carência do produto no Rio Grande do Sul.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink