RJ: escoamento lento da produção pressiona as cotações para baixo
CI
Imagem: Divulgação
PECUÁRIA

RJ: escoamento lento da produção pressiona as cotações para baixo

O boi gordo ficou cotado em R$297,50/@
Por:

No Rio de Janeiro, o baixo volume de chuvas prejudicando a qualidade das pastagens fez com que os pecuaristas entregassem o gado para aliviar a pressão de pastejo, resultando em uma maior oferta de boiadas. Segundo levantamento da Scot Consultoria, no fechamento de 1/4, o boi gordo ficou cotado em R$297,50/@, a prazo e descontados os impostos (Senar e Funrural), baixa de 2,6%, ou R$8,00, na comparação semanal. 

A vaca gorda ficou cotada em R$281,50/@, a prazo, também descontados os impostos, queda de 3,1% no comparativo semanal. O diferencial de base do boi gordo no estado em relação a São Paulo ficou em -7,6%. A maior oferta de boiadas, associada ao baixo escoamento da produção, fez com que as indústrias pressionassem as cotações negativamente ao longo da semana passada.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.