Roubo de fumo é frequente no RS

Agronegócio

Roubo de fumo é frequente no RS

O agricultor Almiro Beckenkampf teve um prejuízo de quase dois mil reais depois que ladrões roubaram 300 quilos de fumo
Por:
88 acessos
Agricultores da região de Santa Cruz do Sul, no Rio Grande do Sul, estão preocupados com o aumento dos roubos nas propriedades. O fumo é o principal alvo.

O agricultor Almiro Beckenkampf teve um prejuízo de quase dois mil reais depois que ladrões roubaram 300 quilos de fumo.

Os bandidos costumam invadir os galpões durante a madrugada. Sem serem percebidos, eles têm tempo até para escolher as folhas que vão levar. A preferência é pelo fumo mais claro, de cor alaranjada, justamente aquele que tem maior valor de mercado.


O agricultor Guildo Vogt perdeu 700 quilos das folhas de melhor qualidade. “Agora, estamos sem compra. Nós temos que pagar as contas aos poucos”, disse.

A Polícia Civil registrou este ano sete roubos no Vale do Rio Pardo. O fumo iria para as mesmas indústrias que compram a produção dos agricultores.

“Segundo o que soubemos, todo esse fumo da região é vendido para as empresas da região”, falou o delegado de polícia Luciano Menezes.

Segundo o Sindicato da Indústria do Fumo, as empresas têm controle da procedência do produto comercializado. A entidade desconhece casos de aquisição de fumo roubado.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink