Royal Numico põe Mococa à venda


Agronegócio

Royal Numico põe Mococa à venda

Por:
96 acessos

A venda da fábrica de lácteos da Mococa deve ser confirmada nos próximos noventa dias, estima Carlos Eduardo Gouvêa, presidente da Royal Numico do Brasil, empresa que adquiriu o laticínio em meados de 1999. A decisão da Royal de vender a unidade de lácteos da Mococa se deve à estratégia de centralização dos negócios de altos índices de crescimento e altas margens de lucro, o que não inclui o laticínio. "Vamos manter a unidade de cereais infantis", diz.

Adquirida em junho de 1999 pela Royal Numico, a Mococa, fundada em 1919, passou por uma série de modernizações nos últimos três anos. A indústria de lácteos, instalada no município de Mococa (SP), teve seus equipamentos atualizados e capta atualmente 300 mil litros de leite por dia. "As conversas com os compradores já estão em estágio avançado e devem ser concluídas entre 2 e 3 meses", afirma. Fazem parte do negócio o laticínio e a marca.

Segundo Gouvêa, a Mococa é terceira maior produtora de leite condensado do País, atrás da Nestlé e Parmalat, dividindo posição com a Cooperativa Central dos Produtores Rurais (CCPR), dona da marca Itambé. No segmento de creme de leite, a empresa se destaca como a quarta maior produtora do Brasil.

Fábrica de cereais

A fábrica de cereais da Mococa, instalada em Arceburgo (MG), teve a capacidade de produção ampliada em 60% nos últimos três anos, para 8 mil toneladas/mês de produto acabado. Nesta unidade são produzidos alimentos infantis como mingau de milho, mingau de arroz e farinha láctea, comercializados no Brasil e, desde outubro do ano passado, na América Latina.

"Ainda este ano iniciaremos as vendas para África do Sul e Oriente Médio", diz. Manter a unidade de cereais infantis faz parte da estratégia mundial do grupo Royal Numico, líder na Europa em nutrição infantil e nutrição clínica. Desde que assumiu a Mococa em 1999 a Royal criou a marca Nutriton e reformulou embalagens dos produtos infantis.

Além da venda da área de lácteos da Mococa no Brasil, o grupo também está se desfazendo de negócios na Bélgica, Holanda e nos Estados Unidos. A Royal Numico faturou € 3,9 bilhões em 2002 no mercado mundial, onde está presente em 100 países e mantém 30 mil funcionários. No Brasil a empresa registrou vendas de R$ 240 milhões.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink