RS: agricultores de Soledade recebem mudas frutíferas
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,142 (0,44%)
| Dólar (compra) R$ 5,62 (0,18%)

Imagem: Divulgação

AGRICULTURA

RS: agricultores de Soledade recebem mudas frutíferas

Ao todo serão entregues 800 mudas de frutíferas
Por:
46 acessos

Por meio do intercâmbio de mudas e sementes e da doação de agricultores do município de Soledade, famílias assistidas pelo Plano Socioassistencial da Emater/RS-Ascar, em parceria com a Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), estão recebendo desde o final do mês de julho mudas de árvores frutíferas, plantas bioativas, flores, cactos e suculentas.

Ao todo serão entregues 800 mudas de frutíferas, como figo, amora, ameixa, butiá, araçá, nêspera, guabijú, pitanga, plantas bioativas, aromáticas e condimentares, mudas de flores, cactos e suculentas.

A extensionista rural Social da Emater/RS-Ascar, Juliane Pires da Conceição, explica que a equipe começou a trabalhar com a reprodução de plantas bioativas, hortaliças e frutíferas para atender a uma demanda do plano socioassistencial, que prevê o acompanhamento de cem famílias em situação de vulnerabilidade social do meio rural, e tem como foco a segurança e soberania alimentar. "Nos anos anteriores, recebemos apoio de instituições financeiras para aquisição de mudas de frutíferas e sementes de hortaliças. Neste ano, para dar continuidade ao projeto, estamos trabalhando com doações de agricultores e reprodução de mudas pela Emater, para que sejam possíveis as trocas".

Devido aos cuidados recomendados para a prevenção da Covi-19, as entregas são realizadas individualmente, seguindo os protocolos dos órgãos de saúde. As famílias também recebem orientações para o plantio e manejo das espécies. "Não há um evento específico para as entregas, como houve nos anos anteriores. Mas seguimos com a missão de produzir alimentos, preservar espécies e a biodiversidade no nosso cotidiano", frisa Juliane.

Também devido à pandemia, a extensionista observa que as pessoas ficam maior tempo em casa e "isso contribuiu para um maior interesse, tanto do público rural quanto do urbano, a produzir o próprio alimento, seja através de hortas tradicionais ou hortas em pequenos espaços, sacadas e vasos e também a cuidar do próprio jardim".

Devido ao interesse de outros públicos em diversificar e participar das trocas, inclusive do público urbano, a equipe da Emater/RS-Ascar de Soledade ampliou a entrega de mudas para todos que tiverem interesse. As famílias que não integram o Plano Sociassistencia devem, ao receber uma muda, deixar outra para ser doada. As solicitações podem ser realizadas por meio do telefone (54) 3381-1377e (54) 99932-6913. A entrega é realizada conforme disponibilidade das mudas doadas e reproduzidas pelos extensionistas, tanto de frutíferas quanto de plantas bioativas e flores, cactos e suculentas.

Além da questão da segurança e soberania alimentar, Juliane explica que trabalhar com intercâmbio de mudas e sementes possibilita a preservação das espécies e da biodiversidade, e estimula uma alimentação mais saudável. "Hortas domésticas estimulam a redução do uso de agroquímicos, garantindo a qualidade daquilo que se produz e a satisfação em consumir um alimento produzido pelas próprias mãos", conclui.

Para os próximos anos, a intenção da equipe da Emater/RS-Ascar é, por meio de uma parceria com a Prefeitura de Soledade, reativar o horto municipal e, desta forma, contemplar mais famílias com a troca de mudas.

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink