RS: agroindústria familiar conquista consumidores e promove geração de renda
CI
Imagem: Nadia Borges
AGRONEGÓCIO

RS: agroindústria familiar conquista consumidores e promove geração de renda

"É um sonho realizado", afirmou a proprietária Marilene Saccardo
Por:

Produtora de massas, pães e biscoitos no distrito de Silva Jardim, em Serafina Corrêa, a agroindústria Primavera foi inaugurada na manhã desta sexta-feira (05/02), com a presença da família e algumas autoridades. "É um sonho realizado", afirmou a proprietária Marilene Saccardo.

A produtora, que atua no empreendimento junto com o marido Lucildo Magri, contou que a ideia de ter um negócio próprio surgiu devido às dificuldades da pequena propriedade na produção de leite e de um acidente de trabalho que ela sofreu. O crescimento das agroindústrias na região motivou a família, que foi em busca de financiamento, do apoio da Emater/RS-Ascar e da Prefeitura para a regularização do empreendimento e acesso a mercados; e de qualificação, tendo feito cursos de Boas Práticas de Fabricação, de Gestão de Agroindústrias e de Massas.

Inclusa no Programa Estadual de Agroindústria Familiar do Governo do Estado (Peaf), a família já vinha entregando os produtos para a merenda escolar de escolas municipais e estaduais quando se deparou com a pandemia e o fechamento das escolas. "Hoje estamos trabalhando graças à comunidade, que aceitou nosso produto e é nosso maior consumidor", relata Marilene, destacando que o empreendimento é a realidade e o sustento da família. Além da venda de porta em porta no interior, os produtos também são comercializados na feira do produtor e na feira online.

De acordo com o engenheiro agrônomo Leandro Ebert, extensionista rural da Emater/RS-Ascar, a agroindústria familiar é uma das prioridades da Instituição em Serafina Corrêa. São três agroindústrias do Peaf em operação e há diversas em fase de cadastro ou implantação. "A agroindustrialização é incentivada pela Extensão Rural e Social por entendermos como uma oportunidade para pequenas propriedades agregarem valor à sua produção e ao seu trabalho, buscando melhor qualidade de vida e renda para as famílias. E para nós, extensionistas, é gratificante estar junto da família nesse momento de celebração do trabalho que possibilitou a concretização dos seus objetivos", frisa Ebert.
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink