RS: construção de estufas em Santa Margarida do Sul aumenta produção de morangos
CME MILHO (DEZ/20) US$ 3,770 (-0,32%)
| Dólar (compra) R$ 5,44 (1,19%)

Imagem: Marcel Oliveira

AGRICULTURA

RS: construção de estufas em Santa Margarida do Sul aumenta produção de morangos

O morango vem garantindo a comercialização do seu cultivo, para os pequenos agricultores de Santa Margarida do Sul
Por:
61 acessos

Sendo uma excelente fonte de renda, o morango vem garantindo a comercialização do seu cultivo, para os pequenos agricultores de Santa Margarida do Sul. Com apoio da Emater/RS-Ascar e Da Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr) na encomenda das mudas e no acesso ao crédito rural, os produtores rurais conseguiram subsidiar a implantação de estufas, que proporcionou um aumento expressivo na produção da fruta. Atualmente, o município totaliza sete mil plantas cultivadas, com expectativa de produção de cinco mil quilos ao ano.

As estufas estão sendo utilizadas de acordo com a necessidade do produtor, que com a assistência dos técnicos da Emater/RS-Ascar, na parte dos tratos culturais, estabilizam o ambiente nas propriedades adequadas, potencializando o desenvolvimento das plantas.

Segundo o extensionista e engenheiro agrônomo Edison Dornelles, do Escritório Regional da Emater/RS-Ascar de Bagé, o morango, por estar protegido na estufa, não sofre com os problemas recorrentes das plantações abertas, portanto a planta pode obter produtividade maior, por ser irrigada e adubada constantemente.

Para a família Neves, de Santa Margarida do Sul, o sistema semi-hidropônico vem ajudando a manter a produção das mudas cultivadas, assim como as orientações de poda e limpeza, dadas pelos técnicos da Emater/RS-Ascar, que acompanham sua cultura. Eles contam que produziam apenas 80 quilos de morangos por semana e, agora, a média está em 120 quilos, totalizando 500 quilos ao mês. Para os próximos meses, a expectativa é aumentar para 180 quilos por semana, pois adicionaram mais mil mudas ao cultivo, das quatro mil plantas que já tinham.

O morango é uma ideia que veio para ficar, afirma Aline Neves. De acordo com Dornelles, outros produtores rurais do município já manifestaram a pretensão de produzir cultivos diferentes nas estufas ao longo deste ano.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink