Agronegócio

RS: Laboratório de Triagem será inaugurado nesta sexta

O laboratório será um diferencial para otimizar custos e trabalho no momento de receber amostras biológicas
Por:
1337 acessos

Técnicos da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação receberão nesta sexta-feira (03) treinamento para atuação no novo Laboratório de Triagem da Seapi. A edificação, que também será inaugurada nesta sexta, contou com investimentos do Fundo de Desenvolvimento e Defesa Sanitária Animal de mais de R$ 55 mil para o projeto, mão-de-obra, materiais de construção e equipamentos.   

O laboratório será um diferencial para otimizar custos e trabalho no momento de receber amostras biológicas. Conforme o chefe da Divisão de Defesa Sanitária Animal da Secretaria, Marcelo Göcks, “num inquérito, por exemplo, são realizadas milhares de coletas. Agora poderemos armazenar e depois enviar tudo junto para o laboratório que realizará os exames”. Amostras de sangue e outros materiais para análise de peste suína clássica, mormo, tuberculose e outras doenças serão recebidas no posto.  Também haverá a organização de documentos e a verificação de viabilidade das amostras.

Outra contribuição do Fundesa foi  para a aquisição, em 2015, de um ultrafreezer, que será utilizado para a conservação das amostras até a chegada de todas as unidades. Antes do ultrafreezer, só era possível utilizar a refrigeração como forma de armazenamento de amostras para fins de diagnóstico, o que limitava a conservação a 96 horas após a colheita. Com o novo equipamento, o material pode ser armazenado sob a temperatura de -80°, permitindo que o trabalho seja realizado em todos os dias da semana. É do Fundesa também o investimento na confecção de embalagens adequadas para a remessa de amostras das unidades locais até os laboratórios.

O presidente do Fundesa, Rogério Kerber, acredita que a qualidade das amostras e dos exames laboratoriais são fundamentais para a qualificação da defesa sanitária. Por isso, segundo ele,  “a iniciativa privada, através do Fundesa, tem total interesse em contribuir para melhorar este processo”.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink