RS: Turismo Rural é tema de capacitação online
CI
Imagem: Pixabay
EVENTO

RS: Turismo Rural é tema de capacitação online

Um grupo de mais de 80 pessoas participou na tarde da quarta-feira (04/11) de uma capacitação sobre Turismo Rural
Por:

Um grupo de mais de 80 pessoas - entre extensionistas da Emater/RS-Ascar, técnicos e agricultores das regiões de Lajeado e Frederico Westphalen - participou na tarde da quarta-feira (04/11) de uma capacitação sobre Turismo Rural. O objetivo foi discutir o tema como uma oportunidade para que as famílias de produtores interessadas em receber público em suas propriedades estejam preparadas. "Especialmente em tempos de pandemia, parece haver um movimento meio natural das pessoas na busca pelas coisas mais simples, mais sustentáveis, que possam gerar experiências positivas", salienta a extensionista da Emater/RS-Ascar Dulcinéia Wommer.

A extensionista lembrou uma série de estudos recentes sobre os padrões de consumo da atualidade e que dialogam com ideais de ecorresponsabilidade, de alimentação saudável e valorização das vivências. "A busca pelo rural, pelo convívio em harmonia com a natureza, pela tranquilidade e pela aquisição de produtos da agricultura familiar é parte desse processo", enfatizou. Responsável pelo primeiro painel, a turismóloga da Emater/RS-Ascar Fernanda Costa da Silva destacou a alimentação relacionada com o turismo rural, o que vai ao encontro das impressões de Dulcinéia, sobre a importância das "experiências".

Para Fernanda, dificilmente uma pessoa vai ao campo para comer o mesmo tipo de alimento que consome na cidade. "Na correria do dia a dia, as refeições se tornam um ato mecânico, não pensado, sem atenção a cores, sabores, aromas", observa. Para a turismóloga o público busca a comida que "abraça, que conforta, que traga memórias de infância, que gere nostalgia". Como sugestão, ela estimulou os participantes para aquilo que é conhecido como Turismo Criativo, que envolve a maior participação dos visitantes que, muitas vezes, gostam de saber como são preparados os alimentos, quais são os ingrediente, o que gera "identidade".

Como complemento à fala de Fernanda, a nutricionista da Emater/RS-Ascar Leila Ghizoni, responsável pelo segundo painel, salientou a importância da segurança alimentar e nutricional na hora da elaboração dos cardápios. "É importante que este seja balanceado, saudável, que respeite a diversidade cultural da região e que seja sustentável", lembrou. Para Leila aproveitar a produção local, com ênfase em matérias-primas variadas pode gerar uma experiência criativa. A última palestra da tarde foi ministrada pela engenheira de alimentos da Emater/RS-Ascar Bruna Bresolin Roldan, que trabalhou boas práticas de fabricação no contexto de pandemia.

A capacitação segue na sexta-feira (06/11), quando abordará os temas Bem Receber e Segurança no Turismo Rural. "A ideia será tanto relacionar a segurança do empreendedor ao ofertar alguns tipos de produtos, caso de trilhas, cascatas e outros, quanto a segurança do turista ao frequentar esses locais", sublinha a extensionista da Emater/RS-Ascar, Elizangela Teixeira. A Emater/RS-Ascar realizada uma série de outras ações relacionadas ao Turismo Rural e atua vinculada à Secretaria de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr) do Governo do Estado.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink